domingo, 27 de novembro de 2011

Vícios - Inocentes

Três noites sem dormir
Três horas da madrugada
Olhos vidrados
Coração em disparada
Idéias tão confusas
Difícil condená-las
Acertar o passo
E não quebrar a cara na calçada

O tempo é meu inimigo
Corre contra mim
Da bomba, eu sou o pavio aceso
Pronto pra explodir

Às vezes acordo
E tenho sangue em minhas mãos
Como não lembro o que fiz
Peço perdão em forma de oração
Sou como o médico e o monstro
Dois em um corpo só
Um midas ao avesso
Tudo que toco vira pó

O tempo é meu inimigo
Corre contra mim
Da bomba, eu sou o pavio aceso
Pronto pra explodir

Compositor: Clemente